Caixas-ninho

Muitas aves nidificam em cavidades de árvores e nos edifícios. Mas os métodos atuais de florestação, e também questões de segurança em povoações, levam a que existam cada vez menos árvores antigas, com cavidades onde as aves possam fazer os seus ninho. Para além disso, quando comparados com os edifícios antigos, os telhados de edifícios novos apresentam menos espaços adequados a ninhos, zonas onde aves como o andorinhão ou o pardal possam criar as suas crias.
As caixas-ninho são excelentes substitutos e conhecem-se mais de 60 espécies de aves que os usam. Residentes regulares incluem chapins-azuis, chapins-reais, chapins-carvoeiros, trepadeiras-azuis, pardais-comuns, pardais-monteses, estorninhos, papa-moscas-cinzentos, papa-moscas-pretos, piscos-de-peito-ruivo, andorinhas, andorinhões, peneireiros, entre outras espécies
Os links em baixo apresentam instruções para poderes construir diferentes tipos de caixas-ninho adequadas a cada espécie de ave.