Informamos que usamos cookies, como acontece na maioria dos sites. click here.
 
 
 
Home   ›   Caixas-ninho   ›   Caixas-ninho para telhados – pardais, estorninhos e andorinhões
Imprimir
Enviar a um amigo

Caixas-ninho para telhados – pardais, estorninhos e andorinhões

Threats and hazards to migrating birds
Foto – Dariusz Ożarowski
Pardais, estorninhos, andorinhas e andorinhões fazem os seus ninhos em edifícios. As duas últimas espécies dependem quase totalmente dos edifícios para tal.
Pede aos construtores civis que estejam a reparar ou renovar edifícios para que não perturbem os ninhos já existentes. Ou então, se isso não for possível, pede-lhes para fazerem um ninho artificial, exatamente no sítio do ninho original.
Podem ser feitos novos sítios de nidificação criando cavidades em locais apropriados do edifício. Os pardais precisam de uma entrada com um diâmetro mínimo de 32 mm e os estorninhos de uma entrada com 45 mm. Os andorinhões requerem uma entrada retangular com um mínimo de 65 mm por 25-35 mm.
Se não conseguires ter um ninho interno para pardais, estorninhos ou andorinhões, porque não colocar uma caixa-ninho numa parece exterior da tua casa? Coloca-a debaixo do beiral, longe de ventos e protegido da luz solar direta, do vento e da chuva. As andorinhas também constroem os seus ninhos sobre os beirais. Podes colocar um ninho já feito por debaixo dos beirais, de preferência numa parece exposta a este ou a norte e nunca sobre uma porta ou janela.

Spring Alive is supported by

HC Group